Nas capas dessa quarta, como estamos a 4 dias da eleição: Dilma sobre, Aécio encosta em Marina

Veja as imagens das capas no Tumblr: http://capasdehoje.tumblr.com/

Folha de S.Paulo

Aécio encosta em Marina; Dilma mantém vantagem.

- Economia do governo cai a 10% da meta.
– OAB nega pedido de Barbosa voltar a advogar.
– Delúbio passa a cumprir pena em regime aberto.
– EUA confirmam 1o. caso de ebola detectado no país.

O Globo

Marina volta a cair e já é ameaçada por Aécio.

- PF agora mira fundos de pensão.
– Ex-diretor deixará prisão do Paraná.
– OAB tenta negar registro a Barbosa.
– Primeiro caso de Ebola nos EUA.

O Estado de S.Paulo

Dilma abre 14 pontos; disputa entre Marina e Aécio se acirra.

- "Dedo"dos petistas nos Correios ajuda Dilma, diz deputado.
– Rivais se juntam em debate para atacar Alckmin.
– Ex-diretor da Petrobrás vai para prisão domiciliar.
– Governo tem déficit recorde em agosto.

Valor

Tesouro corrige "pedaladas" e superávit cai quase a zero.

- Leilão de telefonia 4G decepciona.
– Tendências são diferentes em duas pesquisas.
– Lula se desdobra para manter os palanques em pé.
– Preço baixo do minério afeta balanço da Vale e CSN.

Do Valor

Acompanhe as citações dos presidenciáveis nas capas dos jornais no Infogr.am

Nas capas dessa terça: Bolsa cai, dólar sobe – a pior situação dos últimos 3 anos

Veja as imagens das capas no Tumblr: http://capasdehoje.tumblr.com/

Valor

Efeito eleitoral derruba mercados.

- Imposto sobre fortunas entra nos debates.

- Presidente do TSE vai propor campanhas mais curtas.

- No Acre, clima hostil a Marina ficou para trás.

- Abertura da economia divide opiniões.

Folha de S.Paulo

Com Dilma em alta, Bolsa tem maior queda em 3 anos.

- Plano revê corte na captação do Cantareira.

- OAB quer punição para Fidelix por ataque contra gays.

- Marina Silva se contradiz ao falar de quando votou a CPMF.

- Governo de SP intervém para sanear Santa Casa.

O Globo

Bolsa tem maior queda em 3 anos e dólar sobe.

- Após erro, IBGE sofre auditoria do TCU.

- BC prevê PIB de só 0,7% este ano.

- Cobrados pelo silêncio, candidatos reagem a ataques de Fidelix a gays.

- STF suspende ação contra militares.

O Estado de S.Paulo

Bolsa cai e dólar dispara com cenário eleitoral.

- Aécio decide apresentar propostas via redes sociais.

- Entidades pedem punição a Levy Fidelix.

- Estado aponta "falhas graves" na Santa Casa.

- STF para ação do caso Rubens Paiva.

Do Valor

Acompanhe as citações dos presidenciáveis nas capas dos jornais no Infogr.am

Nas capas dessa segunda: Dilma foi o centro dos ataques em debate; as promessas não cumpridas pelo governo e o orçamento da classe C

Veja as imagens das capas no Tumblr: http://capasdehoje.tumblr.com/

O Estado de S.Paulo

Dilma é centro de ataques em debate marcado por tensão.

- Youssef fará “confissão total dos fatos” diz advogado.

- Falta de água à noite atinge ruas dos Jardins.

- Obama admite ter subestimado EI.

- Logística consome 11% da receita das empresas.

Folha de S.Paulo

Dilma não cumpriu 43% das promessas de 2010.  

- Em debate na TV, presidente mantém ataque a Marina Silva.

- Gestão da Santa Casa secou patrimônio, aponta auditoria.

- Obama admite que EUA subestimaram o Estado Islâmico.

- Ex-secretário da Segurança de SP chama atual de lixo.

O Globo

Serviços já são 65% do Orçamento da classe C.  

- PMDB foca nos estados para se tornar indispensável.

- Erupção de vulcão mata 31 montanhistas no Japão.

- Cineastas protestam por mais verbas.

- Conforto final do doente em debate.

Valor

Embargo russo sustenta preço de carne brasileira.  

- Governo inicia cerco à fraude no emprego.

- BC resiste a transação entre BTG e Nacional.

- China obriga Austrália a fazer ajustes e diversificar.

- O voto em três redutos de 2010.

Do Valor

Acompanhe as citações dos presidenciáveis nas capas dos jornais no Infogr.am

As estratégias para a reta final da campanha e mais do escândalo Petrobras

Veja a imagem das capas no Tumbrlhttp://capasdehoje.tumblr.com/

O Globo

Indecisos e infiéis são os alvos na reta final
Analistas avaliam que 28 milhões ainda devem decidir voto para presidente
Conquista dessa fatia do eleitorado será decisiva para Marina e Aécio, que buscam chegar ao 2º turno
Na reta final da campanha presidencial, os candidatos investem nos indecisos e naqueles que admitem mudar o voto, informam Cleide Carvalho e Marco Grillo. Analistas estimam que esse segmento chegue, nesta semana, a 28 milhões de eleitores (20% do total) e seja decisivo, principalmente para Marina Silva (PSB) e Aécio Neves (PSDB). No Rio, candidatos apostam em estratégias distintas.

O Estado de S. Paulo

Na reta final, candidatos reforçam ação no Sudeste
Dilma e Marina vão aprofundar polarização; Aécio busca voto antipetista também em outras regiões
Os três principais candidatos à Presidência entram na última semana de campanha antes do primeiro turno concentrando esforços no Sudeste e reforçando presença nos maiores colégios eleitorais.
Líder nas pesquisas,Dilma Rousseff (PT) seguirá investindo na polarização com Marina Silva (PSB). A ex-ministra, por sua vez, tem como desafio estancar a queda nas intenções de voto e reafirmar a ideia de representante da “nova política”. Em terceiro lugar nas pesquisas,Aécio Neves( PSDB)vai insistir no discurso antipetista em São Paulo, Minas e outras regiões com potencial oposicionista.
Como a audiência no horário eleitoral da televisão aumenta na última semana, os três candidatos serão novamente apresentados aos eleitores, mas os ataques vão continuar.

Viagens

Líder nas pesquisas de intenção de voto, Dilma Rousseff foi quem visitou menos Estados. Aécio Neves lidera ranking de viagens. Pág A9

Folha de S. Paulo

PF investiga ligação entre tesoureiro do PT e doleiro preso
Vaccari é suspeito de negociar investimentos de fundos de pensão de estatais em empresas ligadas a Youssef; ele nega
A Polícia Federal investiga se investimentos de fundos de pensão de estatais em empresas ligadas ao doleiro preso Alberto Youssef foram intermediados pelo tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, informam Leonardo Souza e Mario Cesar Carvalho.
Os fundos Petros (Petrobras) e Postalis (Correios) aplicaram R$ 73 milhões e perderam quase tudo.
E-mails encontrados pela PF sugerem que Vaccari ajudou operadores do doleiro a fazer contato com o Petros em 2012, quando tentavam captar recursos para a Trendbank, administradora de fundos de investimento.

Essa empresa aplicou grande parte do dinheiro dos cotistas em papéis podres de empresas-fantasmas do esquema de Youssef.

De acordo com a polícia, recursos aplicados pelos fundos de pensão foram parar em firma de consultoria utilizada pelo doleiro para repassar propina a políticos.

Vaccari nega que tenha tido qualquer participação no esquema de Youssef. Já os fundos Petros e Postalis afirmam que não fizeram investimentos por influência do tesoureiro.

Capas das Revistas: E depois das eleições, como vai ser? É o assunto das capas

Veja a imagem das capas no Tumbrlhttp://capasdehoje.tumblr.com/

Revista Veja

Todos atrás dela
Mais do que homens estão entre os “órfãos do primeiro turno”, que não vão eleger o seu candidato predileto mas definirão o resultado final da eleição

Revista Época

Entrevista: Marina Silva
“Tenho muito respeito pelo Armínio”
“(Dilma age) sob o comando de João Santana (…) Ningitém depois será governado pelo marqueteiro”
“É melhor ter um programa feito a lápis que um feito a língua e saliva, porque ele (Aécio) não tem”
“Manteremos o Bolsa Família. Sabe o que não vamos manter? O Bolsa Empresário”
“Espero que Lula aconselhe a não usarem o marketing selvagem que Collor usou contra ele”
“Sempre tive medo. Mas meu compromisso sempre foi maior que meu medo”

Revista Exame

O Brasil que queremos
EXAME ouviu mais de 500 líderes das maiores empresas brasileiras sobre a agenda de reformas que o próximo presidente da República – seja ele quem for – deve atacar.
O resultado é um manifesto da nata do capitalismo brasileiro, com um conjunto de sugestões para recuperar o dinamismo dos negócios e levar o país de volta à trilha do desenvolvimento. Resta ver quem vai enfrentar o desafio

Revista IstoÉ

Ética
O que banaliza a moral de uma sociedade e por que esse valor está em queda no Brasil.
Corruptos na caça ao voto, mentiras como peça de campanha, o vale-tudo eleitoral e os escândalos que atingem os Três Poderes da República. Como o eleitor pode acabar com isso

Revista IstoÉ Dinheiro

Os ajustes inevitáveis para 2015
Empresários e economistas já fazem as contas sobre os impactos da correção de rumo obrigatória da economia no próximo governo. Quem quer que vença as eleições terá de tomar decisões duras para o Brasil voltar a crescer. Saiba quais são e o que significam na prática.