Estudos de economistas do Banco Santander mostram que apenas o Pará vai escapar da recessão este ano. Segundo economistas do Banco, o pior resultado deve ser em Pernambuco, cuja previsão é de um recuo de 4% no PIB. A paralização da refinaria de Abreu e Lima e a queda de investimentos no Porto de Suape são os principais responsável pelo resultado negativo. Esta é a primeira vez que nenhum estado brasileiro vai crescer, desde o início da série histórica do IBGE (1996). No país, o PIB deve cair 2,8%.

(Globo)

globo
O presidente da Câmara, Eduardo Cunha negociou com o governo os termos para salvar o mandato do deputado. Em troca, Cunha evitaria o processo de impeachment de Dilma. O acordo avançou em almoço de Cunha com o presidente do Senado, Renan Calheiros, e correligionários do vice presidente, Michel Temer. O ex-presidente Lula também está empenhado para salvar o mandato de Cunha, em troca do engavetamento do impeachment. Lula quer que o PT se alie a outros partidos para barrar a investigação de quebra de decoro parlamentar contra o presidente da Câmara.

(Folha, Estadão)

estadao

folha
O ambiente no Supremo está bastante desfavorável a Cunha. Integrantes da Corte estão sentindo desconfortáveis com as ameaças do presidente da Câmara para tentar obter decisões a sei favor. Ministros do Supremo entendem que o impeachment é uma questão de grande impacto para ser definida por um único parlamentar. Eles também acreditam que Cunha não tem ‘estatura moral’ para dar andamento ao processo, já que sofreu denúncia formal de recebimento de propina.

(Valor)

valor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s