O FUTURO
O Banco Central vê um futuro menos pessimista para a economia em 2016. Técnicos do BC acreditam que o consumo das famílias e as exportações podem garantir um PIB maior do que o esperado. Espera-se que o reajuste de dois dígitos do salário mínimo contribua para o aumento da renda e consumo. Apesar disso, as previsões de recessão de 2% se mantém, devido a contaminação estatística dos dados desse ano. O Banco também não vê uma recuperação do investimento até que haja solução para os problemas políticos do país.
(Valor)

PRÓ-IMPEACHMENT
Os protestos pró-impeachment desse domingo foram os menores já registrados esse ano. Em São Paulo, pouco mais de 40 mil pessoas protestaram na Av. Paulista. En agosto, o ato contra o governo havia reunido 135 mil manifestantes. Na avaliação do Planalto, essa redução reforça a necessidade de um desfecho rápido para a situação política de Dilma.
(Folha, Estadão)

NA QUASE OPOSIÇÃO
O ex-ministro Eliseu Padilha afirmou que, se o governo interferir na disputa da liderança do PMDB na Câmara, o partido vai antecipar a sua convenção. O Planalto pretende trazer Leonardo Picciani de volta à liderança. Picciani, apoiador de Dilma, foi deposto da liderança do partido na Câmara depois do episódio da carta de Temer à Dilma. Ao antecipar a convenção partidária, o PMDB pretende que retirar o apoio a Dilma. Segundo Padinha, na base do partido a diferença é muito grande a favor da saída do governo.
(Globo)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s